Centro de Arquivos  
 

Bem-vindo(a)

O propósito deste sítio web assenta em dois objectivos essenciais: divulgar o acervo documental da Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses - Intersindical Nacional (CGTP-IN) e da estrutura sindical associada, facultando aos utilizadores a possibilidade... Continuar...

 
 

Fundo bibliográfico

O fundo bibliográfico do Centro de Arquivo e Documentação (CAD) da CGTP-IN é constituído...

Ver mais »

Jornal/revista Alavanca

alavanca_9-12-1974_capa

Esta colecção é composta pelo conjunto completo dos números do jornal/revista Alavanca...

Ver mais »
Notícias
Intervenção de Fernando Gomes na sessão de abertura da exposição comemorativa do 50.º aniversário da CGTP-IN

Intervenção de Fernando Gomes, membro da Comissão Executiva e do Secretariado do Conselho Nacional, responsável pelo departamento de Cultura e Tempos Livres e pelo Centro de Arquivo e Documentação (CAD), na sessão de abertura da Exposição Comemorativa do 50.º Aniversário da CGTP-IN, a 28 de Setembro de 2020, na praça Luís de Camões, em Lisboa..

EXPOSIÇÃO COMEMORATIVA DO 50.º ANIVERSÁRIO DA CGTP-IN

PRAÇA LUÍS DE CAMÕES, LISBOA

28 DE SETEMBRO A 15 DE OUTUBRO DE 2020

 INTERVENÇÃO DE FERNANDO GOMES NA SESSÃO DE ABERTURA

28 DE SETEMBRO

 

Antes de mais, obrigado pela vossa presença.

Esta exposição, por diversas circunstâncias, entre as quais não é alheia a situação de pandemia que vivemos, fez-se em tempo recorde.

Deixando os agradecimentos protocolares para a secretária-geral, vou referir-me a quem tornou possível esta exposição.

Apesar de sempre assumirmos as nossas iniciativas como o colectivo que somos, a verdade é que há sempre alguém que dá um pouco mais em cada uma delas.

Permitam-me, por isso, que comece por agradecer a quem a tornou possível: na CGTP-IN, a toda a equipa da Cultura e do Centro de Arquivo e Documentação e a todos os dirigentes e funcionários que, de uma forma ou de outra, deram o seu contributo.

Ao José Ernesto Cartaxo, pelos textos, pelo empenho e disponibilidade que sempre demonstrou e pelas palavras de incentivo.

Um agradecimento muito especial ao João Soares, da Imagem Pública, responsável pela concepção gráfica de toda a exposição, desde a estrutura que vêem à vossa volta, passando pelo cartaz e pelo convite, até ao jornal Alavanca que têm em vossas mãos e que nos serve, nesta ocasião, de catálogo da exposição. Pela sua entrega e dedicação, pela humildade, pela paciência e, sobretudo, pelo brilho nos olhos que lhe fomos surpreendendo ao longo de todo processo. Mais do que trabalho, houve militância. Obrigado, João!

À vossa volta, encontram 201 imagens. Onze delas são oriundas de instituições que nos permitiram a sua utilização, pelo que nos é devido um agradecimento: à Torre do Tombo e à Direcção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB); à Fundação INATEL e ao seu Núcleo de Documentação e Arquivo Histórico; ao SITAVA; e às uniões de sindicatos de Lisboa e do Porto.

A audiodescrição do conteúdo dos painéis expositivos deve-se à Associação Portuguesa de Deficientes (APD), a quem muito agradecemos, em especial, à Dr.ª Sandra Costa, que também dá voz a alguns dos painéis, pela generosidade e profissionalismo que demonstrou no escasso tempo que tínhamos disponível para esta importante tarefa de tornar a exposição mais inclusiva, possibilitando o acesso aos seus conteúdos por parte de trabalhadores e demais cidadãos que, de outra forma, não teriam como fazê-lo.

À União dos Sindicatos de Lisboa (USL), que encontrou e coordenou duas das vozes para a audiodescrição dos painéis, pelo seu empenho nesta tarefa: o Carlos Faia Fernandes e o José Manuel Oliveira.

À Câmara Municipal de Lisboa, por nos ter autorizado a instalação da exposição nesta praça, local que já tinha acolhido, há dez anos, a exposição comemorativa do 40.º aniversário da CGTP-IN. E por toda a colaboração quanto a demais licenças e autorizações necessárias.

À Polícia Municipal de Lisboa, pela colaboração e disponibilidade para velar pela segurança da instalação aqui implantada.

À Real Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Lisboa, pela colaboração no enchimento e posterior esvaziamento das cubas de água que mantêm estas estruturas presas ao chão e aos Bombeiros Sapadores de Lisboa pelo apoio prestado.

Dizia há pouco que, das 201 imagens que encontram nos painéis, 11 eram oriundas de entidades externas, o que significa que as restantes 190 têm origem no espólio documental e museológico da CGTP-IN. O trabalho de formiguinha que não se vê, que é moroso e dispendioso, que às vezes é pouco compreendido, está aqui representado e visível. É o resultado de muitos anos de trabalho, mas com particular intensidade a partir de 2006.

Convido-vos a visitarem o sítio do Centro de Arquivo e Documentação da CGTP-IN na Internet e a constatarem o trabalho que está a ser realizado.

Duas notas informativas:

A primeira, sobre percurso da exposição que recomendamos, que está assinalado no chão.

A segunda é que, em datas a anunciar brevemente, esta exposição seguirá para Setúbal e para o Porto. E uma versão com uma estrutura mais leve estará em itinerância pelas capitais de distrito.

Para terminar, quero realçar que a exposição aqui patente homenageia todas as mulheres e homens, trabalhadores e trabalhadoras, que ao longo de 50 anos, como associados, como militantes sindicais, foram a força dos sindicatos, a força da CGTP-IN, do menos ao mais conhecido.

Mas também homenageia todos os funcionários sindicais que desde 1970 até hoje ajudaram a construir este projecto que é a CGTP-IN. Permitam-me que através da mais antiga trabalhadora da nossa Confederação, Lígia Cabrita, a todos e a todas saúde e homenageie.

Permitam-me ainda, por fim, que evoque nesta sessão, em jeito de homenagem, que alargo a todos os que os sucederam, muitos aqui presentes, os dirigentes que compuseram a mesa da primeira reunião inter-sindical, a 11 de Outubro de 1970, que decorreu na sede do Sindicato Nacional dos Empregados Bancários do Distrito de Lisboa. São eles: Daniel Cabrita, José Pinela, Carlos Alves, Margarida C. Carvalho, Maria Odete Santos e Caiano Pereira.

Uma evocação merecida, pela força, coragem, determinação e por acreditarem num mundo livre sem exploradores nem explorados e num sindicalismo assente nos princípios da unidade, democracia, independência, solidariedade e no sindicalismo de massas em que ainda hoje a CGTP-IN se revê e continuará a rever.

Viva a luta dos trabalhadores!

Viva a CGTP-IN!


fernandogomes_expo50anoscgtpin_2020-09-28
Intervenção de Fernando Gomes na sessão de abertura da exposição, praça Luís de Camões, Lisboa, a 28 de Setembro de 2020.
 
cartaz_expo50anoscgtpin_med
 
 

Publicações

catalogolivrosbancaculturaxivcongressocgtpin

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Edições CGTP-IN | Catálogo

Cartão CGTP

O "Cartão CGTP", projecto desenvolvido pelo Departamento de Cultura e Tempos Livres, oferece aos trabalhadores sindicalizados um conjunto de benefícios no acesso à cultura, desporto e tempos livres, mediante a apresentação do respectivo cartão de associado junto das instituições com as quais a CGTP-IN tem vindo a celebrar protocolos de colaboração neste sentido.

Consulta aqui a lista destas instituições e os descontos associados.

Galeria Pública

sessaoapresentacaocgtpculturaespecial_foto_21_nov_2013

Veja as imagens da sessão de apresentação do boletim CGTP Cultura dedicado à obra de Manuel Tiago/Álvaro Cunhal.


Consultar »

Galeria Pública

Abertura_foto-Jos_Frade_3-12-2010_2

Veja as imagens da sessão de abertura da Exposição Comemorativa do 40.º Aniversário da CGTP-IN.


Consultar »

 

CGTP

 

Confederação Geral dos Trabalhadores
Portugueses - Intersindical Nacional
Cultura e Tempos livres
Centro de Arquivo e Documentação

 

Rua Victor Cordon, n.º 1, 1249-102 Lisboa

Telef. 213 236 500; Fax: 213 236 695

E-mail: emailcad

 

 

 

Logo_POPHQREN_LogotipoUniao_Europeia_FSE