Idioma da unidade de descrição

 
 

Bem vindo

O Centro de Arquivo e Documentação (CAD) da Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses (CGTP-IN) tem como missão gerir toda a documentação produzida e recebida  por esta organização (sede), independentemente do seu suporte ou data. Continuar...

 
 

Visualizar registo de autoridade

Américo da Costa Pereira

Tipo de entidade

Pessoa

Formas autorizadas do nome

Américo da Costa Pereira

Formas paralelas do nome

Formas autorizadas do nome de acordo com outras regras

Outras formas do nome

Identificadores para pessoas colectivas

Datas de existência

1935-04-17 -

História

Percurso associativo e sindical (biografia até 1977)

- Nascido em 17 de Abril de 1935;
- Futebol de rua: aos 7 anos (preso por jogar à bola na rua);
- Ensino Básico: 11 anos (1946);
- Ensino Liceal: 1.º Ciclo: Liceu de Gil Vicente, Lisboa;
- Andebol de 7 e de 11: Campeonatos Inter – turmas e Inter Escolas;
- Futebol (Torneios Inter Escolas);
- Ensino Liceal (diurno): 2.º Ciclo, Escola Portugália;
- Futebol (Jogos Inter Escolas); treinador: Canário (Sporting C. P.);
- 1.º emprego: 1.º salário: servente de pedreiro;
- Ensino Liceal (nocturno) 2.º Ciclo, Escola Portugália;
- 2.º emprego: empregado num stand de automóveis;
- 3.º emprego: empregado de escritório;
- 4.º emprego: SPIC (Soc.Port. Imp. e Comércio): moço de armazém, recados e limpezas;
- Futebol (torneios de equipas de bairros);
- Andebol de 7 e de 11: júniores do Sport, Lisboa e Benfica (5 títulos ao Benfica, Distritais e Nacionais): treinador Prof. Augusto Raposo;
- Futebol de 11: júniores do Sport, Lisboa e Benfica: Francisco (Chico) Ferreira e Valdiviezo;
- Seniores de Andebol de 7 e 11: Sport Lisboa e Benfica: treinador Prof. A. Raposo;
- Futebol de 11: Aspirantes e Reservas: Sport, Lisboa e Benfica; treinadores: Valdiviezo e Otto Glória;
- Castigado (1 ano) pela Direcção do Sport, Lisboa e Benfica (Presidente Bugalho?);
- Internacional de Andebol de 7 (Copa Latina de Andebol de 7);
- Vida Militar obrigatória: recruta no Regt.º Art. N.º 1 (em Lisboa);
- Curso de Sargentos Milicianos (em Vendas Novas);
- Cabo Miliciano em Sacavém: Regt.º Art. Pesada;
- Futebol de 11: Associação Académica de Coimbra: Óscar Montez e Mário Imbeloni (1959), treinadores;
- Treinador da equipa principal da secção de andebol da Associação Académica de Coimbra;
- 3.º Ciclo Liceal;
- Crise académica de 1961/1962;
- Comissão dos Jogadores da Equipa de Futebol da Secção de Futebol da Associação Académica de Coimbra (Américo, Marta e Mário Wilson), na crise académica de 1961/1962;
- Comissão Administrativa imposta pelo Governo à Associação Académica de Coimbra;
- Jogo de futebol: Associação Académica de Académica – Sporting C. P. (20/5/1962); treinador: A. Gomes;
- Exame de admissão à Universidade de Coimbra;
- Faculdade de Ciências: frequência do Curso de Engenheiro Geógrafo;
- Último jogo de futebol pela Associação Académica de Coimbra: 14/10/1962: J. M. Pedroto;
- Secção de Andebol da Associação Académica de Coimbra: dirigente e treinador de todas as equipas: seniores e júniores;
- Presidência da Secção de Andebol da Associação Académica de Coimbra e equipa feminina de Andebol;
- Equipa sénior de futebol do União de Coimbra (ingresso);
- Lesão nos meniscos, joelho da perna direita (jogo em Portalegre);
- Abandono do futebol;
- Crise Académica de 1965;

- 2 -

- Destituição, pelo Governo, da Direcção Central da Associação Académica de Coimbra;
- Reunião da Secções da Associação Académica de Coimbra;
- Tomadas de posição (deliberação da maioria das secções da Associação Académica de Coimbra de solidariedade com a Direcção Central da Associação Académica destituída pelo Governo);
- Recusa da Inspecção Nacional do Desporto Universitário de aceitar Américo da Costa Pereira como treinador de andebol remunerado pela Associação Académica de Coimbra;
- Regresso a Lisboa (1965);
- Trabalho com o Pai na Empresa (1966);
- Frequência da Faculdade de Ciências de Lisboa;
- Frequência do ISPA (Instituto de Psicologia Aplicada);
- Candidatura à Propaganda Médica (Ingresso nos Laboratórios Atral-Cipan);
- Ingresso dos Laboratórios Abbott (despedimento por actividades sindicais);
- Membro da Direcção do Sindicato dos Profissionais da Propaganda Médica;
- Vogal do Sindicato dos profissionais da Propaganda Médica, representante às reuniões da Câmara Corporativa;
- Ingresso nos Laboratórios Hoescht;
- Reuniões Intersindicais (Semiclandestinidade);
- Prisão de Daniel Cabrita;
- 25 de Abril de 1974 (dirigente sindical na Intersindical até ao 1.º Congresso);
- Tomada das instalações das Corporações;
- 1.º de Maio de 1974 (responsável sindical da Intersindical pela Segurança da Tribuna onde discursaram Álvaro Cunhal e Mário Soares e outros) no Estádio 1.º de Maio;
- Unidade Sindical e Unicidade Sindical;
- Representante da UNTA (União Nacional dos Trabalhadores Angolanos); recepção no Hotel Baía, em Cascais, e anúncio por Costa Martins, membro do Conselho da Revolução, do decreto sobre a Unicidade Sindical: Congresso Internacional dos Sindicatos da Função Pública em Varsóvia, na Polónia, Outubro de 1974;
- Reconhecimento da Intersindical pela Confederação dos Sindicatos Árabes;
- Visita à RDA (República Democrática Alemã) a convite do representante em Varsóvia dos Sindicatos Alemães;
- Contacto com a CGT francesa em relação à organização dos Sindicatos da Função Pública;
- Artigo no jornal “República”, de Marcelo Curto, a atacar as declarações de A. C. P., em Paris, relativamente à necessidade da unidade dos trabalhadores portugueses perante as consequências da divisão sindical;
- Trabalhadores emigrantes portugueses em França (contactos em Paris, Toulouse e Clermont Ferrand);
- OIT em representação da Intersindical (Conferência sobre a emigração);
- Morte de Louis Saillan (presença de um representante da Intersindical no funeral);
- Função Pública, STAL, Sindicato da Câmara Municipal de Lisboa (apoio aos sindicatos em formação);
- Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores da Indústria Alimentar (apoio à reestruturação/verticalização sindical do sector);
- V Governo Provisório - Ministério dos Assuntos Sociais (elo de ligação no Gabinete do Ministro Prof. Pereira de Moura com a Intersindical) (Agosto de 1975);
- Regresso à Empresa Hoescht;

- 3 -

- INATEL - Secção de Formação de Quadros (req. à empresa, pela Intersindical);
- 1.º Curso de Animadores Desportivos de Empresa (Grupo de Formados – Kiev). Ataque ao Américo da Costa Pereira no “Jornal Novo”, por Dórdio Guimarães;
- Tentativa de expulsão do INATEL de Américo da Costa Pereira pela polícia;
- Solidariedade dos Trabalhadores do INATEL com o Américo da Costa Pereira;
- 6 meses sem vencimento no INATEL (a solidariedade dos restantes trabalhadores);
- Decisão do tribunal (1976);
- Regresso à CGTP – Intersindical Nacional como Técnico Sindical;
- Departamento de Organização da CGTP – Intersindical Nacional (1977);
- Organigrama da Central;
- União dos Sindicatos de Aveiro;
- União dos sindicatos de Viseu;
- Sindicatos dos Trabalhadores Agrícolas em Viseu e em Lamego;
- Departamento dos Tempos Livres da CGTP – Intersindical Nacional;
- Departamento da Segurança Social da CGTP – Intersindical Nacional;

Lugares

Estatuto legal

Funções, ocupações e actividades

Mandatos/fontes de autoridade

Estruturas internas/genealogia

Contexto geral

Identificador do registo de autoridade

Identificador da instituição

Regras e/ou convenções

Estado da descrição

Revista

Nível de detalhe

Parcial

Datas de criação, revisão e eliminação

Sílvia Correia, 2011-04-12.
Revisto em 2011.06.24.

Idioma(s)

Escrita(s)

Fontes

Notas de manutenção

Entrevista totalmente cedida pelo entrevistado.
 
  POPH QREN União Europeia FSE